Devo pegar um financiamento bancário para comprar uma casa ou viver de aluguel? Essa é uma pergunta que abunda no mundo da educação financeira. Está em todo lugar. Blogs, sites, canais de YouTube. E, pasmem, todo mundo te dá a resposta errada. Ou, com mais boa vontade, todo mundo te dá uma resposta terrivelmente incompleta.

A resposta típica é a seguinte: o correto é alugar e aplicar direito o dinheiro que vai sobrar (o aluguel é mais barato do que as parcelas do financiamento). Fazendo assim, de acordo com os especialistas, a pessoa poderá comprar o imóvel à vista lá na frente e ainda vai sobrar bastante dinheiro.

Essa resposta está errada? Depende... Se estivermos falando de um mundo fictício, onde as pessoas são super disciplinadas e se comportam de maneira 100% racional, a resposta está certa. Ou seja, a matemáti-ca por detrás dessa resposta está correta. No entanto, o mundo real não é assim. Já há três prêmios Nobel em Economia – Daniel Kahneman, Robert Shiller e Richard Thaler – que nos ensinaram que a enorme maioria das pessoas não é disciplinada e 100% racional. E, infelizmente, isso fura toda a lógica da resposta; a resposta correta é, na verdade, a oposta.

A hipótese central para concluirmos que é melhor alugar a comprar um imóvel é a de que a pessoa vai, de fato, todos os meses, guardar a diferença entre o que seria a parcela do financiamento e o quanto ela paga de aluguel. Mas sinto informar... quase todo mundo vai gastar o dinheiro ao invés de guardar. E os poucos que guardarem alguma coisa de vez em quando vão guardar no lugar errado. O que vai então acontecer? Não precisa ter bola de cristal. A pessoa que seguir o conselho do “alugar ao invés de comprar” vai passar a vida toda morando de aluguel com muito pouco no banco.

A literatura econômica mudou muito nos últimos 30 anos. Até a última década do século passado, os conselhos que os economistas davam para as pessoas ignoravam o fato de que não somos robôs. Não mais. Vejam, por exemplo, o livro do Richard Thaler recentemente lançado no Brasil. Pressupor indivíduos 100% racionais até que faz sentido quando estamos pensando em grupos grandes onde a burrada de um acaba cancelando a burrada do outro. Mas quando estamos dando conselhos para indivíduos isolados, ignorar que somos feitos de carne e osso pode levar a conselhos completamente equivocados. Como no caso do aluguel. Sem dúvida, para a grande maioria das pessoas, o melhor é financiar uma casa.
Como sempre, sua avó está certa.

COLUNA PUBLICADA NA FOLHA DE SÃO PAULO

Para ficar por dentro do que rola no Por Quê?clique aqui e assine a nossa Newsletter.



Siga a gente no Facebook e Twitter!
Inscreva-se no nosso canal no YouTube!
Curta as nossas fotos no Instagram!







Alugar ou comprar? Em geral, comprar!

Devo pegar um financiamento bancário para comprar uma casa ou viver de aluguel? Essa é uma pergunta que abunda no mundo da educação financeira. Está em todo lugar. Blogs, sites, canais de YouTube. E, pasmem, todo mundo te dá a resposta errada. Ou, com mais boa vontade, todo mundo te dá uma resposta terrivelmente incompleta.

A resposta típica é a seguinte: o correto é alugar e aplicar direito o dinheiro que vai sobrar (o aluguel é mais barato do que as parcelas do financiamento). Fazendo assim, de acordo com os especialistas, a pessoa poderá comprar o imóvel à vista lá na frente e ainda vai sobrar bastante dinheiro.

Essa resposta está errada? Depende... Se estivermos falando de um mundo fictício, onde as pessoas são super disciplinadas e se comportam de maneira 100% racional, a resposta está certa. Ou seja, a matemáti-ca por detrás dessa resposta está correta. No entanto, o mundo real não é assim. Já há três prêmios Nobel em Economia – Daniel Kahneman, Robert Shiller e Richard Thaler – que nos ensinaram que a enorme maioria das pessoas não é disciplinada e 100% racional. E, infelizmente, isso fura toda a lógica da resposta; a resposta correta é, na verdade, a oposta.

A hipótese central para concluirmos que é melhor alugar a comprar um imóvel é a de que a pessoa vai, de fato, todos os meses, guardar a diferença entre o que seria a parcela do financiamento e o quanto ela paga de aluguel. Mas sinto informar... quase todo mundo vai gastar o dinheiro ao invés de guardar. E os poucos que guardarem alguma coisa de vez em quando vão guardar no lugar errado. O que vai então acontecer? Não precisa ter bola de cristal. A pessoa que seguir o conselho do “alugar ao invés de comprar” vai passar a vida toda morando de aluguel com muito pouco no banco.

A literatura econômica mudou muito nos últimos 30 anos. Até a última década do século passado, os conselhos que os economistas davam para as pessoas ignoravam o fato de que não somos robôs. Não mais. Vejam, por exemplo, o livro do Richard Thaler recentemente lançado no Brasil. Pressupor indivíduos 100% racionais até que faz sentido quando estamos pensando em grupos grandes onde a burrada de um acaba cancelando a burrada do outro. Mas quando estamos dando conselhos para indivíduos isolados, ignorar que somos feitos de carne e osso pode levar a conselhos completamente equivocados. Como no caso do aluguel. Sem dúvida, para a grande maioria das pessoas, o melhor é financiar uma casa.
Como sempre, sua avó está certa.

COLUNA PUBLICADA NA FOLHA DE SÃO PAULO

Para ficar por dentro do que rola no Por Quê?clique aqui e assine a nossa Newsletter.

Siga a gente no Facebook e Twitter!
Inscreva-se no nosso canal no YouTube!
Curta as nossas fotos no Instagram!

O que você achou desse texto?

*Não é necessário cadastro.

Avaliação de quem leu:

Avalie esse texto Não é necessário cadastro

BLOG

Faça nosso teste e saiba como está sua saúde financeira!

QUERO FAZER O TESTE
Impostos causam inflação?

Impostos causam inflação?

Por que e como descarbonizar a economia

Por que e como descarbonizar a economia

Realização

Bei editora

Apoio

CP+B
Usamos cookies por vários motivos, como manter o site do PQ? confiável ​​e seguro, personalizar conteúdo e anúncios,
fornecer recursos de mídia social e analisar como o site é usado. Para maiores informações veja nossa Política de Privacidade.