Como os pessoas veem a Bolsa?

No País A, as taxas de juros são altas e poucas pessoas investem na Bolsa. No País B, acontece o contrário: com as taxas de juros mais baixas, muitas pessoas investem parte das suas poupanças na Bolsa pensando no longo prazo. Em qual destes países você gostaria de abrir uma empresa?

No País B, não é? Quando uma empresa quer captar recursos para seus investimentos, ela pode tomar empréstimos ou vender ações. Assim, seria mais fácil uma empresa crescer no País B, onde os empréstimos são mais baratos e o mercado de capitais mais desenvolvido.

O Brasil sempre foi um país com juros altos e poucas pessoas na Bolsa. Nos últimos anos, no entanto, os juros começaram a cair bastante e o número de CPFs na Bolsa aumentar. Boa notícia para as empresas? A princípio sim, mas vale uma palavra de cautela. Com que cabeça essas pessoas estão chegando na Bolsa? 

Em 2013, havia no Brasil 500 mil pessoas que investiam diretamente na Bolsa. Dessas, 9,5% apresentavam sinais de que viam a Bolsa com a cabeça errada: tentaram usar o mercado de capitais como fonte de renda de curtíssimo prazo por meio do day trade (compra e venda de ações no mesmo dia). Em 2020, a Bolsa chegou a 3 milhões investidores individuais. No entanto, o percentual de "cabeças erradas" dobrou! Dessas 3 milhões de pessoas, 19,4% se aventuraram no day trade

Como já contamos por aqui, fazer day trade quase sempre significa perder dinheiro. Assim, essas pessoas que hoje estão na Bolsa para tirar dali um dinheiro para o dia a dia, daqui a pouco irão sumir. Na verdade, pior do que isso: vão sair traumatizadas e nunca mais voltar. 

A Bolsa ser vista pelas pessoas físicas como um lugar para se ganhar dinheiro rápido é muito ruim para a economia de um país. A ideia que deveria estar sendo propagandeada por aí é de que a Bolsa é para investimentos de longo prazo, como 30 ou 40 anos. É um lugar excelente para um jovem investir pensando em sua aposentadoria, por exemplo. Se essa fosse a cultura, aí sim as empresas e a economia do país teriam muito a comemorar.

COLUNA PUBLICADA NA FOLHA DE SÃO PAULO

Para ficar por dentro do que rola no Por Quê?clique aqui e assine a nossa Newsletter.



Siga a gente no Facebook e Twitter!
Inscreva-se no nosso canal no YouTube!
Curta as nossas fotos no Instagram!





BLOG

Faça nosso teste e saiba como está sua saúde financeira!

QUERO FAZER O TESTE
PIBão ou PIBinho?

PIBão ou PIBinho?

Realização

Bei editora

Apoio

CP+B
Usamos cookies por vários motivos, como manter o site do PQ? confiável ​​e seguro, personalizar conteúdo e anúncios,
fornecer recursos de mídia social e analisar como o site é usado. Para maiores informações veja nossa Política de Privacidade.