Onde trabalham os economistas?

onde trabalham os economistas? O economista é um profissional que tem a oportunidade de atuar em diversas áreas, realizando diferentes tipos de trabalho. O jovem que pensa em estudar Economia (ou Ciências Econômicas) tem pela frente três grandes setores de atuação: o privado, o público e o acadêmico. Abaixo, você fica sabendo um pouco mais sobre cada uma desses mercados: Setor Privado Embora o mercado financeiro seja a primeira possibilidade que vem à cabeça de um economista quando se trata desse setor, essa esfera abrange variados tipos de atividades empresariais.     O mercado financeiro é um ambiente em que as pessoas e as empresas (investidores) podem aplicar recursos em busca de rendimentos; ou pegar grana emprestada (devedores/tomadores) para atender às suas necessidades. Existem ainda os intermediários, que se responsabilizam pelas negociações entre esses dois grupos de pessoas. Ações, moedas, fundos de investimento e títulos públicos são exemplos de produtos dessas negociações. O economista no mercado financeiro pode participar de uma equipe econômica de bancos comerciais, ser um trader (responsável por operações de juros, câmbio, compra e venda de ativos), trabalhar em corretoras, seguradoras, distribuidoras etc. O setor privado oferece ainda oportunidades nas chamadas consultorias econômicas. Lá o profissional pode assessorar gestores e analisar o ritmo da atividade econômica. Também pode trabalhar em empresas de M&A (Mergers and Acquisitions), auxiliando na fusão ou aquisição de firmas. As opções são realmente vastas na iniciativa privada. Podem-se realizar auditorias econômicas, contábeis, trabalhar com startups, envolver-se no comércio exterior com importações e exportações, desenvolver estudos de mercado e projetos de tecnologia ou infraestrutura ou operar na área financeira de alguma empresa. Setor público O setor público é tão amplo quanto o setor privado. Um economista pode atuar diretamente governo, como assessor ou secretário de algum ministério ou político, ou em empresas estatais, instituições bancárias ou institutos como o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) ou o IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada). Setor acadêmico No setor acadêmico, o economista atuará como pesquisador, dando aulas e publicando  artigos em centros universitários. A carreira, embora exigente, pode oferecer maior flexibilidade em relação a outras. Assim, torna-se mais fácil para o economista combiná-la com atividades como colunista de publicações ou mesmo consultor no setor privado. Outros O economista tem ainda a possibilidade de trabalhar em organizações internacionais, como o Banco Mundial, FMI, ONU e outras instituições que lidam com dados e estatísticas. Para ficar por dentro do que rola no Por Quê?, clique aqui e assine a nossa Newsletter.
Siga a gente no Facebook e Twitter! Inscreva-se no nosso canal no YouTube! E curta as nossas fotos no Instagram :)


BLOG

Faça nosso teste e saiba como está sua saúde financeira!

QUERO FAZER O TESTE
A economia da Black Friday

A economia da Black Friday

Realização

Bei editora

Apoio

CP+B
Usamos cookies por vários motivos, como manter o site do PQ? confiável ​​e seguro, personalizar conteúdo e anúncios,
fornecer recursos de mídia social e analisar como o site é usado. Para maiores informações clique aqui.