A pandemia e a arrecadação de impostos (parte 2) | Gráfico da Semana

Na semana passada comentamos a evolução da arrecadação de impostos estaduais durante o ano de 2020. Notamos que, na comparação com o mesmo período no ano passado, os valores despencam a partir de abril. Maio foi o pior mês até agora – a arrecadação foi 25% menor do que a do mesmo mês em 2019, quando consideramos o Brasil inteiro. 

No gráfico a seguir desagregamos por estado esses dados de maio de 2020. Todos os estados brasileiros registraram redução na arrecadação em comparação com maio do ano passado. Há, porém, bastante variação. Estados do Nordeste tiveram quedas mais acentuadas, enquanto os que menos sofreram são estados do Centro-Oeste e Norte.  O Ceará foi o estado com a maior queda (mais de 50%), enquanto que o Mato Grosso teve a menor redução – mas mesmo assim substancial (de quase 7%).

Será interessante refazer esse gráfico mais para frente, dado que a incidência da pandemia está mudando entre os estados. Ficaremos de olho.



Fonte dos dados
Boletim de Arrecadação de Tributos Estaduais
Conselho Nacional de Política Fazendária, Ministério da Economia
https://www.confaz.fazenda.gov.br/boletim-de-arrecadacao-dos-tributos-estaduais 
(Os valores foram corrigidos pela inflação do período, usando o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – IPCA.)


Para ficar por dentro do que rola no Por Quê?clique aqui e assine a nossa Newsletter.



Siga a gente no Facebook e Twitter!
Inscreva-se no nosso canal no YouTube!
Curta as nossas fotos no Instagram!





BLOG

Faça nosso teste e saiba como está sua saúde financeira!

QUERO FAZER O TESTE
Preços esquisitos

Preços esquisitos

Realização

Bei editora

Apoio

CP+B
Usamos cookies por vários motivos, como manter o site do PQ? confiável ​​e seguro, personalizar conteúdo e anúncios,
fornecer recursos de mídia social e analisar como o site é usado. Para maiores informações clique aqui.