Vire e mexe aparecem interpretações que atribuem a inflação (ou o aumento de algum produto, como combustíveis ou gás de cozinha) a impostos altos. Até o ministro da saúde afirmou recentemente que a inflação está alta por causa do ICMS cobrado por estados.


Essa é, na verdade, uma confusão comum. Ela mistura dois conceitos correlatos: nível e taxa. Impostos podem explicar, em parte, porque determinado produto é caro ou barato. Isso tem a ver com o nível. Mas não explicam porque o preço do produto está mudando – ou seja, a taxa de variação. E a inflação capta justamente a taxa de variação média dos produtos normalmente comprados por consumidores.

Impostos só afetariam a inflação se estivessem mudando no tempo, o que não parece ser o caso. E esse movimento seria apenas temporário. Suponha que ocorra uma elevação no imposto sobre a gasolina. Ela será em parte repassada para o consumidor final, impactando o índice de inflação temporariamente. Mas os preços não continuarão subindo para sempre em função disso. A não ser que a alíquota suba continuamente, o que certamente não ocorre.

Assim, a resposta para a pergunta inicial do texto é um sonoro não.

Para ficar por dentro do que rola no Por Quê?clique aqui e assine a nossa Newsletter.


Siga a gente no Facebook e Twitter!
Inscreva-se no nosso canal no YouTube!
Curta as nossas fotos no Instagram!


Impostos causam inflação?

Vire e mexe aparecem interpretações que atribuem a inflação (ou o aumento de algum produto, como combustíveis ou gás de cozinha) a impostos altos. Até o ministro da saúde afirmou recentemente que a inflação está alta por causa do ICMS cobrado por estados.


Essa é, na verdade, uma confusão comum. Ela mistura dois conceitos correlatos: nível e taxa. Impostos podem explicar, em parte, porque determinado produto é caro ou barato. Isso tem a ver com o nível. Mas não explicam porque o preço do produto está mudando – ou seja, a taxa de variação. E a inflação capta justamente a taxa de variação média dos produtos normalmente comprados por consumidores.

Impostos só afetariam a inflação se estivessem mudando no tempo, o que não parece ser o caso. E esse movimento seria apenas temporário. Suponha que ocorra uma elevação no imposto sobre a gasolina. Ela será em parte repassada para o consumidor final, impactando o índice de inflação temporariamente. Mas os preços não continuarão subindo para sempre em função disso. A não ser que a alíquota suba continuamente, o que certamente não ocorre.

Assim, a resposta para a pergunta inicial do texto é um sonoro não.

Para ficar por dentro do que rola no Por Quê?clique aqui e assine a nossa Newsletter.

Siga a gente no Facebook e Twitter!
Inscreva-se no nosso canal no YouTube!
Curta as nossas fotos no Instagram!

O que você achou desse texto?

*Não é necessário cadastro.

Avaliação de quem leu:

Avalie esse texto Não é necessário cadastro

BLOG

Faça nosso teste e saiba como está sua saúde financeira!

QUERO FAZER O TESTE
FMI aponta perdas permanentes de PIB com a pandemia

FMI aponta perdas permanentes de PIB com a pandemia

Realização

Bei editora

Apoio

CP+B
Usamos cookies por vários motivos, como manter o site do PQ? confiável ​​e seguro, personalizar conteúdo e anúncios,
fornecer recursos de mídia social e analisar como o site é usado. Para maiores informações veja nossa Política de Privacidade.