Laranja madura na beira da estrada

A ideia de arbitragem é uma das mais importantes em economia. Ela nos diz que oportunidades de ganhar muito dinheiro sem fazer esforço ou tomar risco não duram muito tempo. Isso acontece porque outras pessoas entram no jogo, eliminando rapidamente os ganhos extraordinários.

Já discutimos muitas vezes o day trade. Na internet, há vários especialistas vendendo cursos em que supostamente ensinam a ganhar muito dinheiro comprando e vendendo ações no mercado financeiro. Tudo isso de maneira tranquila, operando no conforto da sua casa e trabalhando pouco. Mas, como documentado por meus colegas Bruno Giovannetti e Fernando Chague aqui do Por Quê?, quase todo mundo que entra nesse jogo perde dinheiro. E, dentre aqueles que ficam no azul, o ganho não é nem de perto suficiente para torná-los ricos.

Em outras palavras, não há dinheiro fácil.

Há uma piada conhecida pelos economistas que ilustra essa noção. Nela, o economista caminha com um amigo, que avista uma nota de 100 dólares no chão. O economista então afirma que aquilo é uma ilusão. Afinal, se fosse verdade, alguém já teria pego o dinheiro antes.

Nessa semana me lembrei de uma música antiga, que meu pai costumava cantarolar. E percebi que ela traz o mesmo ensinamento, mas de maneira muito mais precisa. Trata-se de “Laranja Madura”, de Ataulfo Alves. O trecho famoso diz:
Laranja madura na beira da estrada
Tá bichada, Zé, ou tem marimbondo no pé

Ou seja, se você está vendo uma laranja linda tão facilmente disponível, é porque tem alguma coisa errada com ela. Caso contrário, alguém já teria pego.

Quando mencionarem uma oportunidade maravilhosa de ganhar muito dinheiro sem esforço e risco, lembre-se da laranja do Ataulfo.


Para ficar por dentro do que rola no Por Quê?clique aqui e assine a nossa Newsletter.



Siga a gente no Facebook e Twitter!
Inscreva-se no nosso canal no YouTube!
Curta as nossas fotos no Instagram!





BLOG

Faça nosso teste e saiba como está sua saúde financeira!

QUERO FAZER O TESTE

Realização

Bei editora

Apoio

CP+B
Usamos cookies por vários motivos, como manter o site do PQ? confiável ​​e seguro, personalizar conteúdo e anúncios,
fornecer recursos de mídia social e analisar como o site é usado. Para maiores informações veja nossa Política de Privacidade.