Por que não vamos pagar o pato?

Minha gente, ninguém gosta de dar uma de pato. Nem de pagar o pato. Empresários e consumidores não querem nem ouvir falar em aumento de impostos. Eu também não, aliás. Mas, do mesmo modo, nunca quis o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) emprestando grana aos grandes empresários sob taxas subsidiadas (custeadas em partes) pelo governo. Ou, melhor dizendo, pelo dinheiro do contribuinte.

(Ou ainda, para ser o mais claro possível, pelo meu, pelo seu, pelo nosso dinheiro.)

O empresário não pode reclamar de aumento de impostos e ao mesmo tempo defender o crédito subsidiado do BNDES. Ora essa... O custo do subsídio implícito é bem grande, na casa das centenas de bilhões por ano! E os consumidores? E os sindicatos? Pedem para o governo gastar mais em diversas áreas e reclamam de mais impostos? Aí é incoerente, né, pessoal.

Sabe o que eu queria mesmo ver?

Um patão amarelo beeeeem grandão lá em Brasília, feito esse da campanha dos empresários, com o seguinte emblema no peito: não queremos os empréstimos subsidiados do BNDES!

Esse pato aí faria boa duplinha com o outro, que odeia impostos.

Oremos?

Quack, quack.

Tags do post:

ImpostosBNDES

BLOG

Faça nosso teste e saiba como está sua saúde financeira!

QUERO FAZER O TESTE

Realização

Bei editora

Apoio

CP+B
Usamos cookies por vários motivos, como manter o site do PQ? confiável ​​e seguro, personalizar conteúdo e anúncios,
fornecer recursos de mídia social e analisar como o site é usado. Para maiores informações clique aqui.