O cheque especial ainda faz sentido?

Será que faz? O nome do negócio talvez já sugira uma resposta: cheque especial... Parece ter a ver com cheque, não é? Nos dias de hoje, as pessoas usam cheque? Vamos voltar no tempo, para a longínqua época em que se comprava tudo com cheques. Era cheque pra lá e cheque pra cá. Ia colocar gasolina no carro? Cheque.  Fazer compras no shopping? Cheque. Fazer supermercado, almoçar, jantar? Cheque, cheque, cheque. Todo mundo andava com o talão de cheques no bolso e o usava a toda hora. Em uma época assim, fazia sentido existir o cheque especial. Sem aplicativo do banco para consultar o saldo em tempo real e com cheques sendo passados a todo tempo, ninguém sabia ao certo quanto tinha na conta corrente. Impossível saber. Então, era muito comum acontecer de a pessoa passar um cheque de um valor maior do que ela tinha na conta. Não era questão de má-fé. Também, geralmente, não era questão de querer conscientemente tomar um dinheiro emprestado – a taxa de juros do cheque especial sempre foi altíssima! Era falta de informação mesmo, por conta dos limites tecnológicos da época.  E imagine se o banco não aceitasse os cheques sem saldo. A vida de todos, de quem comprava e de quem vendia, seria infernal, impraticável. Mas, e hoje, o cheque especial continua fazendo sentido?  Toda essa história do parágrafo anterior não existe mais. Precisa mesmo estar disponível uma linha de crédito automática com juros tão altos? Talvez sim, para alguma emergência de curtíssimo prazo, com um limite bem pequenininho... Mas, do jeito que é e que sempre foi, provavelmente não precisa mais. É uma coisa que machuca muita gente e já perdeu a razão de ser.  
Para ficar por dentro do que rola no Por Quê?, clique aqui e assine a nossa Newsletter.


Siga a gente no Facebook e Twitter! Inscreva-se no nosso canal no YouTube! Curta as nossas fotos no Instagram!


BLOG

Faça nosso teste e saiba como está sua saúde financeira!

QUERO FAZER O TESTE

Realização

Bei editora

Apoio

CP+B
Usamos cookies por vários motivos, como manter o site do PQ? confiável ​​e seguro, personalizar conteúdo e anúncios,
fornecer recursos de mídia social e analisar como o site é usado. Para maiores informações clique aqui.