Por que comprar livros pode ficar mais caro no Brasil?

livros-caros-brasil-preço

Temos uma natureza pujante, que nos permite ser o celeiro do mundo. Não sofremos ameaças de inimigos externos e nada nos impede de, vagarosamente, chegar mais perto dos países ricos.

Nada além de nós mesmos. Não é por azar que somos subdesenvolvidos.

Destruir um país promissor a ponto de deixá-lo parado com 1/5 da renda per capita americana não é para qualquer um. Somos subdesenvolvidos porque nos esforçamos muito. Em algumas decisões de política pública, demonstramos ser extremamente criativos em nosso atraso.

Notamos esse esforço do atraso no noticiário todos os dias.

A última jogada é um projeto de lei que institui que livros tenham um preço impresso (preço livro) e livrarias não possam oferecer descontos de mais de 10% nos primeiros 12 meses de seu lançamento. O projeto recebeu parecer favorável do Senado.

Aparentemente, a ideia é que grandes livrarias como a Amazon podem hoje oferecer descontos significativos  (isto é, livros mais baratos), o que prejudicaria as livrarias menores.

Por essa lógica também deveríamos proibir grandes supermercados de oferecer descontos, não?

Mas o principal resultado de tal política, se implementada, é aumentar o preço dos livros. Livros mais caros, menos leitura.

Em outras palavras, não basta termos um baixo nível de educação e passarmos bilhões de horas por ano assistindo a novelas de baixíssima qualidade. Nossos representantes em Brasília querem que leiamos menos ainda... Como pode?

 
Para ficar por dentro do que rola no Por Quê?, clique aqui e assine a nossa Newsletter.
Siga a gente no Facebook!
Inscreva-se no nosso canal no YouTube!
E curta as nossas fotos no Insta :)


BLOG

Faça nosso teste e saiba como está sua saúde financeira!

QUERO FAZER O TESTE

Realização

Bei editora

Apoio

CP+B
Usamos cookies por vários motivos, como manter o site do PQ? confiável ​​e seguro, personalizar conteúdo e anúncios,
fornecer recursos de mídia social e analisar como o site é usado. Para maiores informações clique aqui.