Por que Levy não é responsável pela crise?

Estou de mau-humor, sisudo, consternado.

Levy se vai, está de malas prontas. Economista de gabarito, homem público trabalhador e honesto. Vencido pelas circunstâncias políticas, pela falta de força política e pela pouca convicção da presidente Dilma. O Brasil perde e a economia deve vai piorar mais.

O maior absurdo de todos: Joaquim Levy deixará a Fazenda acusado de ter acentuado a crise!

Isso é desfaçatez, desonestidade intelectual das mais baixas. A crise já estava aí quando Levy chegou ao governo. Veio apagar o incêndio e não lhe deram nem mangueira, nem caminhão, nem equipe de bombeiros para comandar. Tentou trazer com ele racionalidade ao governo. Mas, tarefa dificílima, não conseguiu.

Quando a economia parar de piorar – pode até não ser em 2016, mas nem em grandes crises mundiais o PIB dos países afetados caiu por mais de dois anos seguidos – vai ter gente para falar que foi por causa da saída de Levy.

Em 2017, quando o PIB do Brasil deixar de cair na casa dos 3%, e crescer mero 0,1%, vai ter gente dizendo:

– Tá aí! Bendita seja a hora em que o Levy abandonou o barco!

Desconhecimento dos princípios mais básicos de teoria econômica é uma coisa. Este projeto, o Por quê?, foi desenhado para ir contra isso, para remediar, a longo prazo, essa carência. Mas desonestidade intelectual? É bem diferente.

Nossa única esperança (sim, ainda temos esperança) é que, no futuro, uma população mais informada seja capaz de desmascarar por si só esse tipo de baixeza.



VEJA TAMBÉM 

BLOG

Faça nosso teste e saiba como está sua saúde financeira!

QUERO FAZER O TESTE
O pato soy yo?

O pato soy yo?

Realização

Bei editora

Apoio

CP+B
Usamos cookies por vários motivos, como manter o site do PQ? confiável ​​e seguro, personalizar conteúdo e anúncios,
fornecer recursos de mídia social e analisar como o site é usado. Para maiores informações clique aqui.