Por que plantar maconha para uso próprio é proibido?

O Senado começa a discutir uma proposta polêmica: liberar o plantio de maconha para uso pessoal. Você planta, você fuma (ou mastiga, ou faz chá, sei lá) - confira aqui.

O mais surpreendente para nós do Por Quê? é que hoje as pessoas já não possam fazê-lo. O terreno da sua casa é seu, assim como os benefícios e prejuízos trazidos pelo uso da cannabis. Por que então proibir?

Não faz sentido.

Claro, se você fuma e dirige meio zoado, meio tonto, e atropela alguém, aí você gerou uma externalidade negativa. Mas isso também ocorre com quem dirige bêbado, e a cerveja só é proibida para menores de 18 anos (era proibida na época do Al Capone, que saía metralhando os concorrentes!). Somos a favor da legalização acompanhada de endurecimento de penas para quem, por estar muito chapado, acaba fazendo alguma bobagem que afeta os outros de modo adverso.

Conservadores contra-argumentam: “Mas assim mais gente vai fumar, e teremos uma sociedade de drogados!”.

Mais gente vai fumar mesmo. Com a lei aprovada menos gente precisaria encontrar um traficante para comprar maconha – ou encontrar alguém que encontra o traficante. Ruim para o traficante, bom para o usuário.

O aumento da oferta da ervinha, além de tudo, faz cair o preço. Isso alivia a restrição orçamentária das pessoas e derruba o lucro do traficante. Melhor ainda se a medida também liberasse a fabricação de cocaína. Aí daríamos uma trauletada nos traficantes! E traficante usa armas, dá tiros por aí, mata gente a torto e a direito. Seria ótimo eliminarmos essa profissão do conjunto de escolhas no mercado de trabalho.

Agora, é possível que, por qualquer que seja a razão, algumas pessoas não gostem do fato de que outras – em maior número agora – estejam fumando por aí. Em relação a isso, a economia tem pouco a dizer. Para acomodar essa aversão, talvez a legalização pudesse vir com a exigência de fumar em lugar privado. Estaríamos de acordo se o mesmo passasse a valer para os fumantes de cigarro.

 


Para ficar por dentro do que rola no Por Quê?, clique aqui e assine a nossa Newsletter.

Siga a gente no Facebook e Twitter! Inscreva-se no nosso canal no YouTube! E curta as nossas fotos no Instagram :)

Por que plantar maconha para uso próprio é crime?

Por que plantar maconha para uso próprio é proibido? O Senado começa a discutir uma proposta polêmica: liberar o plantio de maconha para uso pessoal. Você planta, você fuma (ou mastiga, ou faz chá, sei lá) - confira aqui. O mais surpreendente para nós do Por Quê? é que hoje as pessoas já não possam fazê-lo. O terreno da sua casa é seu, assim como os benefícios e prejuízos trazidos pelo uso da cannabis. Por que então proibir? Não faz sentido. Claro, se você fuma e dirige meio zoado, meio tonto, e atropela alguém, aí você gerou uma externalidade negativa. Mas isso também ocorre com quem dirige bêbado, e a cerveja só é proibida para menores de 18 anos (era proibida na época do Al Capone, que saía metralhando os concorrentes!). Somos a favor da legalização acompanhada de endurecimento de penas para quem, por estar muito chapado, acaba fazendo alguma bobagem que afeta os outros de modo adverso. Conservadores contra-argumentam: “Mas assim mais gente vai fumar, e teremos uma sociedade de drogados!”. Mais gente vai fumar mesmo. Com a lei aprovada menos gente precisaria encontrar um traficante para comprar maconha – ou encontrar alguém que encontra o traficante. Ruim para o traficante, bom para o usuário. O aumento da oferta da ervinha, além de tudo, faz cair o preço. Isso alivia a restrição orçamentária das pessoas e derruba o lucro do traficante. Melhor ainda se a medida também liberasse a fabricação de cocaína. Aí daríamos uma trauletada nos traficantes! E traficante usa armas, dá tiros por aí, mata gente a torto e a direito. Seria ótimo eliminarmos essa profissão do conjunto de escolhas no mercado de trabalho. Agora, é possível que, por qualquer que seja a razão, algumas pessoas não gostem do fato de que outras – em maior número agora – estejam fumando por aí. Em relação a isso, a economia tem pouco a dizer. Para acomodar essa aversão, talvez a legalização pudesse vir com a exigência de fumar em lugar privado. Estaríamos de acordo se o mesmo passasse a valer para os fumantes de cigarro.   Para ficar por dentro do que rola no Por Quê?, clique aqui e assine a nossa Newsletter.
Siga a gente no Facebook e Twitter! Inscreva-se no nosso canal no YouTube! E curta as nossas fotos no Instagram :)


Para ficar por dentro do que rola no Por Quê?clique aqui e assine a nossa Newsletter.

Siga a gente no Facebook e Twitter!
Inscreva-se no nosso canal no YouTube!
Curta as nossas fotos no Instagram!

O que você achou desse texto?

*Não é necessário cadastro.

Avaliação de quem leu:

Avalie esse texto Não é necessário cadastro

BLOG

Faça nosso teste e saiba como está sua saúde financeira!

QUERO FAZER O TESTE
Retomada econômica verde e o papel das empresas

Retomada econômica verde e o papel das empresas

Começou o “aperto quantitativo”

Começou o “aperto quantitativo”

Realização

Bei editora

Apoio Institucional

Febraban

Apoio

CP+B
Usamos cookies por vários motivos, como manter o site do PQ? confiável ​​e seguro, personalizar conteúdo e anúncios,
fornecer recursos de mídia social e analisar como o site é usado. Para maiores informações veja nossa Política de Privacidade.