Como a inflação afeta a sua vida?

A inflação é um problema sério para valores fixados por contrato, como salários, aluguéis, mensalidades escolares, taxas de juros pré-fixadas, etc.

Por exemplo, se o seu salário é fixo, mas a inflação é positiva, o poder de compra do seu salário diminui ao longo do tempo. Mas esse problema ocorre apenas se a inflação ficou acima do inicialmente esperado. Ou seja, se as pessoas acreditam que a inflação será alta, elas incorporam essa expectativa de reajuste nos contratos.

Caso a previsão seja de uma inflação ao ano de 8%, os trabalhadores pedirão um aumento dessa magnitude nas negociações salariais, para se protegerem da perda do poder de compra. E somente haverá perda se a inflação efetivamente observada ficar acima dos 8%.

Além disso, esse custo para os trabalhadores (e outros que têm suas rendas fixadas por um período longo) apenas se verifica no curto prazo. Em negociações futuras, seguramente será solicitada a recomposição salarial por causa da inflação mais alta.

Esse não é, necessariamente, um custo para a toda a sociedade: os ganhos de uns cancelam as perdas de outros. Se você recebe um valor fixo e a inflação for mais alta que a esperada, você perde. Mas se você paga um valor fixo de aluguel, por exemplo, você acaba ganhando. Logo, a inflação tem efeitos redistributivos.

A inflação alta tem outros efeitos indesejados no longo prazo. Em particular, corrói o poder de compra da moeda, da grana em sua carteira.

Se os preços aumentam muito rapidamente, a quantidade de bens e serviços que uma nota de 100 reais pode comprar diminui na mesma velocidade. Isso prejudica quem faz mais transações com dinheiro vivo – particularmente os mais pobres.

Nessa mesma direção, a inflação alta faz com que as pessoas segurem cada vez menos dinheiro vivo em seus bolsos, pelo fato de ele perder valor rapidamente. Assim sendo, precisam se deslocar mais vezes a bancos ou caixas eletrônicos, o que é custoso, pois tendem a ficar sem dinheiro com mais frequência.

Outro ponto importante: quando a inflação é alta, vendedores mudam seus preços também com mais frequência – justamente para se protegerem do custo de ficarem com o preço fixo. Só que eles não reajustam ao mesmo tempo. E isso torna difícil para o consumidor saber em que lugar um produto é mais barato. Esse fato força, portanto, os consumidores a gastarem mais tempo procurando preços mais baixos.

Quando a inflação é alta ela também tende a ser mais volátil, isto é, a mudar muito de um mês ao outro. E o ambiente econômico fica bastante instável.

Quem investirá no país, se não sabe o direito o que ocorrerá amanhã?

Essa condição econômica desestimula a tomada de decisão em prazos mais largos, em particular, investimentos em projetos de longa duração. E isso prejudica o crescimento de toda a economia de um país no longo prazo.

Realização

Bei editora

Apoio

CP+B
Usamos cookies por vários motivos, como manter o site do PQ? confiável ​​e seguro, personalizar conteúdo e anúncios,
fornecer recursos de mídia social e analisar como o site é usado. Para maiores informações clique aqui.