O que o BNDES vai fazer de tão bom em 6 meses?

O presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro, avisou em entrevista ao Estadão que a instituição fará em seis meses o que poderia ser feito em seis anos. A decisão, letra por letra, vírgula por vírgula, atende aos apelos de Paulo Skaf, presidente da Fiesp. Embora não fosse ele o aniversariante, foi exatamente esse o pedido de Skaf no aniversário de 65 anos do BNDES.



Caso repita a tática escolhida nos últimos muitos (e não apenas seis) anos, o BNDES manterá sua torneira aberta especialmente aos grandes empresários do Brasil. No período, 69% dos financiamentos da instituição foram concedidos a essa fatia de mercado, naturalmente já mais poderosa que seus concorrentes de menor porte. Como já foi dito aqui, essa política resultou em juros e inflação alta, monopólio (oi, Joesley!) e concentração de renda.

BNDES-DESEMBOLSOS-2011-2016

Alertamos constantemente por aqui: gastos = impostos. Adivinha quem vai pagar o pato quando o governo precisar aumentar a carga tributária para tapar o rombo nas contas públicas? A Fiesp que não vai querer. E talvez ainda bote um gigantesco pato inflável em cada avenida principal do Brasil para deixar isso bem claro.



 
Para ficar por dentro do que rola no Por Quê?, clique aqui e assine a nossa Newsletter.
Siga a gente no Facebook!
Inscreva-se no nosso canal no YouTube!
E curta as nossas fotos no Insta :)


BLOG

Faça nosso teste e saiba como está sua saúde financeira!

QUERO FAZER O TESTE

Realização

Bei editora

Apoio

CP+B
Usamos cookies por vários motivos, como manter o site do PQ? confiável ​​e seguro, personalizar conteúdo e anúncios,
fornecer recursos de mídia social e analisar como o site é usado. Para maiores informações clique aqui.